Comentários estão desligados para este conteúdo

Somos a tua esperança

MI          DÓ#-
Cada pranto, cada ferida
LÁ           SI
cada golpe, cada ódio
MI             DÓ#-
Eu sei bem que Tu o sofres
LÁ           SI-
No Teu corpo Tu o assumes

MI     DÓ#-
O Amor é o Teu sangue
LÀ              SI
Que se compra e se adultera
MI           DÓ#-
Sujo corre pelas Tuas veias
LÁ       SI
Acabando Tuas defesas.

MI        RÉ
Somos Sua esperança
LÁ             SI
Entre a morte, entre as armas
MI        RÉ
Somos Sua esperança
LÁ               SI
No Seu corpo que se desgarra
MI        RÉ
Somos Sua esperança
LÁ               SI
Sua palavra, Sua confiança
MI        RÉ
Somos Sua esperança
LÁ                 SI
Os teus amigos que já te curam

Teu oxigénio é a esperança
Que a morre entre os homens
Te asfixias cada dia
Quando ninguém espera nada

Teu coração são teus amigos
Tu lhes confias Tua missão
Teu refugio, Teu descanso
Tua Ilusão também teu sonho.
Autoria: José Luis Calderón e Carlos Molinero, FamVD

Os comentários estão encerrados.