Família Missionária Verbum Dei - Comunidade de Lisboa

> Pistas de oração diárias Que palavra é que o Senhor me dirige a mim, hoje?

Que palavra é que o Senhor me dirige a mim, hoje?

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Indíce do artigo
Que palavra é que o Senhor me dirige a mim, hoje?
Página 2
Todas as páginas
"Ao sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um homem chamado José, da casa de David; e o nome da virgem era Maria. Ao entrar em casa dela, o anjo disse-lhe: «Salve, ó cheia de graça, o Senhor está contigo.» Ao ouvir estas palavras, ela perturbou-se e inquiria de si própria o que significava tal saudação. Disse-lhe o anjo: «Maria, não temas, pois achaste graça diante de Deus. Hás-de conceber no teu seio e dar à luz um filho, ao qual porás o nome de Jesus. Será grande e vai chamar-se Filho do Altíssimo. O Senhor Deus vai dar-lhe o trono de seu pai David, reinará eternamente sobre a casa de Jacob e o seu reinado não terá fim.» Maria disse ao anjo: «Como será isso, se eu não conheço homem?» O anjo respondeu-lhe: «O Espírito Santo virá sobre ti e a força do Altíssimo estenderá sobre ti a sua sombra. Por isso, aquele que vai nascer é Santo e será chamado Filho de Deus. Também a tua parente Isabel concebeu um filho na sua velhice e já está no sexto mês, ela, a quem chamavam estéril, porque nada é impossível a Deus.» Maria disse, então: «Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra.» E o anjo retirou-se de junto dela.”. 
Lc 1, 26-38 
  
 
 

 
Camille C. nasceu numa família não praticante, em sua casa não havia nenhum símbolo religioso à excepção de um quadro sobre a Visitação do Anjo Gabriel a Maria. Este quadro foi a sua catequese e nele ele descobriu tudo sobre Deus, tudo o que necessitava para crescer na fé.

Proponho a seguinte tese: Maria constitui o ícone da liberdade interior, a chave dos exercícios espirituais. Neste fresco encontramos a chave e o segredo que nos faz andar para a frente.

1º Ponto: Composição vendo o lugar. Um plano que representa o mistério. Maria situa-se no centro do mistério.

Três pessoas divinas: três arcos de lado.

Duas naturezas: dois arcos de frente.

As grades da vala separam o passado do presente. O jardim, o Paraíso é algo futuro ao nosso alcance.

O jardim representa a comunhão com Deus, que ainda não é plena. O Reino está próximo, podemos começar a comungar com ele.

Neste momento, onde me encontro? Maria encontra-se no centro do mistério.

2º Ponto: Personagens.
Mensageiro celeste com cores quentes, o vestido é mais rico e com mais volume, exuberância de cores nas asas.

Maria veste um vestido com cores frias, modesto, sóbrio. Sentada no banco da oração. Tanto o mensageiro como ela têm os braços cruzados sobre o peito, indicando interioridade.

A minha atitude é de atenção ao interior e aberta ao mistério?

3º Ponto: Eu.

A cena tem lugar no interior do coração, que num espaço aberto.

Que palavra é que o Senhor me dirige a mim, hoje? 
Que palavra para ser encarnada? Basta uma única palavra de Deus para que tudo seja diferente.

Actualizado em ( Sexta, 14 Maio 2010 12:24 )  

Rezar com a Palavra