Quem é o teu Deus?

Bom dia Meu Filho, Minha Filha!
Se te perguntar se praticas a idolatria, provavelmente, assustar-te-ás. Não há pessoa no mundo que admita praticar idolatria. De facto, o prestar culto a ídolos parece coisa do Antigo Testamento. Ou de religiões estranhas. E, no entanto, há poucas práticas que sejam tão comuns e tão actuais quanto a idolatria.
Basta que penses naquilo que ocupa o centro do teu coração. Basta que penses naquilo a que dedicas o melhor do teu tempo. Uma coisa é que tenhas projectos e pessoas a quem amas. Descansa: fui Eu que os criei e deves continuar a amá-los. Outra coisa é que os tornes valores absolutos da tua vida.
Todas as coisas são caminho até Mim. Tomá-las como finalidade é idolatrá-las. No fim de contas, a idolatria é simplesmente isto: absolutizar aquilo que é relativo e relativizar aquilo que é absoluto.

Os comentários estão encerrados.