“EU ESTOU CONTIGO”

“Moisés disse a Deus: “Quem sou eu para ir a Faraó e fazer sair do Egipto os filhos de Israel?” “EU ESTOU CONTIGO” – disse-lhe Deus. “E aqui está o sinal de que eu e enviei: quando tiveres feito sair o povo do Egipto, servireis a Deus sobre esta montanha.”
Ex, 3, 11-12

Muitas vezes dei por mim a desconfiar das minhas capacidades para enfrentar as missões que o Senhor me confiou, como aconteceu com Moisés. Ainda hoje, perante mudanças nas circunstâncias em que vivo ou quando alguma coisa não faz parte da minha zona de conforto, muitas vezes duvido…

Tornar-me consciente de que independentemente do cenário em que vivo Ele está comigo, é como encontrar novamente a Paz que preciso para suportar todas as dificuldades e obstáculos. O Senhor não vive por mim e, sem dúvida, quer que eu seja a protagonista da minha própria vida (como desejou a Moisés), Ele não a torna fácil só porque eu gostaria de sofrer menos ou que desse menos trabalho viver. Ele é o primeiro a confiar de que eu sou capaz, por isso, propõe-me que responda à Sua missão seja qual for o cenário.

É esta assertividade no “EU ESTOU CONTIGO” e a consciência da Sua presença que me têm salvado vezes e vezes da tentação, que é humana, de desconfiar da capacidade que Ele nos deu de abraçar a nossa missão de vida. Seja o cenário favorável ou desfavorável, confortável ou desconfortável… é o cenário que temos. Mas com a consciência da Sua companhia e do Seu amor somos capazes de viver cada convite que Ele nos faz.

Perguntas:

1. Quantas vezes duvidei das minhas capacidades?

2. E quantas dessas vezes parei para me fazer consciente da Sua presença?

3. (Fazer-me consciente da Sua presença no aqui e agora)

4. Em que me sinto impotente, fraco ou incapaz?

5. Jesus, no dia de hoje, a que me chamas em concreto? O que tenho hoje para enfrentar? Estás comigo?

Os comentários estão encerrados.