Comentários estão desligados para este conteúdo

A Hora de Noa

LÁ-       SOL       LÁ-    
Por nosso amor, morreu o Senhor!
     SOL              LÁ
Numa cruz, morreu o Senhor!
       DÓ        SOL         LÁ 
Recomendou dar a vida como irmãos
     SOL     LÁ
em sinal de amor.

LÁ-
Planearam Sua morte em silêncio,
                        LÁ- 
assustaram com gritos o povo.
                         LÁ-
E num lenho pregaram Seu corpo,
          SOL    LÁ-          SOL      LÁ-
à hora de no-o-o-a, à hora de no-o-o-o-a.
    SOL       MI+    LÁ-      
O Senhor, o Senhor morreu.
    SOL     LÁ-
O Senhor morreu.

LÁ-
É a hora de noa na terra,
                       LÁ- 
as sirenes de alarme soaram,
                            LÁ-
mas ninguém se decide a acordar.
              SOL     LÁ-              SOL  LÁ-
E o meu irmão cho-o-o-ra e o meu irmão mo-o-rre
       SOL        MI+         LÁ-  
e o clamor da sua voz não nos dói,
              SOL   LÁ-
e o meu irmão mo-or-re.

LÁ-
É a hora de noa na terra,
                      LÁ-
é a hora da fome e da morte,
                      LÁ-
é a hora do ódio e da guerra,
            SOL    LÁ-                   SOL    LÁ-
é a hora de no-o-o-a, quando sofre o meu po-o-o-vo,
       SOL      MI+       LÁ-
quando cresce a dor e o engano,
       SOL     LÁ-
quando falta o amor.

Autoria: Carmelo Erdozain
Intérprete: Coro Cruces

Os comentários estão encerrados.