Fundos Fraternos

ffsite

Qual a nossa missão?

Diante de um desafio tão grande, orientamo-nos para Angariação de Fundos para a Evangelização.

O Grupo surgiu como fruto da preocupação de crescer na vivência fraterna da nossa fé. A Evangelização não surge do nada. Não são apenas necessárias as ajudas solidárias para a ação social. A evangelização precisa de “fundos”, de infraestruturas e de apoios. Surgiu da necessidade sentida de sensibilizar a comunidade para a necessidade de recursos para a evangelização e do ciclo virtuoso entre administração e evangelização, no quadro do Carisma da Verbum Dei. Procuramos promover uma boa administração de recursos e o valor das atividades realizadas pela Família na formação integral dos seus membros e o seu impacto nas famílias e na sociedade em geral.

Toda a organização precisa de administração económica, Infraestruturas e de planeamento a médio e longo prazo. Mas, também sentimos que faz parte da nossa missão:

  • Consciencializar a própria Família Missionaria da importância da partilha de bens para poder rezar “o Pai Nosso” como Jesus nos ensinou;
  • Sensibilizar o maior número de pessoas, incluindo nós próprios, de que todos somos filhos do mesmo Pai e por isso mesmo, precisamos avançar para a realização duma fraternidade credível;
  • Despertar sensibilidades e vontades para desenvolver projetos comuns;
  • Intuir e acompanhar necessidades e carências que provêm de diferentes âmbito

Diante de um desafio tão grande, orientamo-nos para Angariação e Gestão de Fundos com vista à Evangelização.


Responsabilidades e Projetos

Este Grupo é responsável por:

  • Desenvolver os instrumentos de gestão adequados à gestão financeira e de recursos da comunidade;
  • Administrar instrumentos que permitam a gestão de tesouraria da comunidade;
  • Promover ações de angariação de fundos e outras;
  • Promover a articulação internacional na Família Verbum Dei ao nível de Administração.
  • Desenvolver instrumentos de financiamento e de adequação à sociedade civil compatíveis com a modernidade de legislação civil (ex. 5+2)
  • Promover a transparência da gestão e utilização de fundos na comunidade, nomeadamente através da consolidação da sua apresentação à comunidade.

Este Grupo dos “Fundos Fraternos” tem sido o dinamizador de vários projetos como:

  • A manutenção das infraestruturas da Casa de Vale de Lobos, a Instalação elétrica e o Aquecimento da casa de Vale de Lobos, aquisição de um trator, e outras obras de manutenção;
  • A organização do financiamento da Casa da Palavra;
  • O pagamento de bolsas de estudo;
  • A ajuda económica a membros da comunidade que dela necessitam, as quais é necessário dar resposta;
  • Ajudas específicas para a Evangelização e viagens em missão<,
  • A construção da “A casa d’Alegria” (novo espaço para as crianças em Vale de Lobos);
  • A organização de campanhas para missionárias de vários países;
  • A participação internacional em temas de desenvolvimento de competências e capacidades de administração;
  • O Lançamento da CincoMaisDois, em processo de avaliação como IPSS.

O desejo é o de continuar a procurar mais meios económicos para poder oferecer a toda a Comunidade Verbum Dei um caminho específico e estruturado na difícil tarefa de angariar fundos que possibilitem a realização da Evangelização.

Queremos procurar caminhos concretos ao nível económico, a fim de encontrar estabilidade, para poder desenvolver a Evangelização pelo Ministério da Oração e da Palavra, em toda a sua plenitude.


Noticias – Setembro 2020

Querida Família, Queridos Amigos da Verbum Dei

Esperamos que se encontrem todos bem e que tenham tido a oportunidade de descansar neste período de verão.

Passaram 2 meses desde a nossa última comunicação e, como prometido, queremos dar conta das atividades em curso.

As obras de Vale de Lobos, infelizmente, atrasaram um pouco e, para não perturbar a atividade de retiros que existiu durante o verão, acabaram por ser adiadas. Os trabalhos vão ser reatados esta semana pelo que estimamos ter a parte de obra propriamente dita terminada entre o final de setembro e início de outubro. Neste momento, já só falta colocar o revestimento dos assentos do anfiteatro exterior e a impermeabilização da sala grande. Após esta fase, avançará o projeto de arranjos exteriores, como já tínhamos planeado.

Quanto aos custos assumidos em 2020 associados a esta obra que agora termina, pois parte já tinha sido paga em 2019, temos como contas finais:

Total custo em 2020: € 45.163,47
Valor por pagar: € 5.112.21

E os valores de IVA que já recuperámos e o que ainda vamos recuperar estão aqui refletidos:
Total de Iva já recuperado: € 5.520,00
Total de IVA ainda a recuperar: € 5.685,20

Do lado dos custos regulares, estes mantêm-se idênticos. Apesar de termos tentado uma redução na renda da Casa da Palavra esta não se verificou, pois, o senhorio também tem algumas limitações legais e não lhe foi possível satisfazer o nosso pedido. Têm sido tempos diferentes, pelo que, para continuarmos a garantir o nosso equilíbrio financeiro, as iniciativas da nossa comunidade vão manter o mesmo registo dos anos anteriores. Sempre respeitando o princípio de que o mais importante é participarmos, estarmos presentes, e que apenas contribui quem pode. É este o nosso carisma.

Assim, é com muita alegria e reconhecimento das múltiplas ajudas que recebemos que vos damos nota do atual estado das contas. Desde março e até 15 de setembro, tivemos apenas uma redução de 5.000 euros no saldo das contas dos Fundos, atualmente com 35 mil euros, e falta-nos pagar apenas cerca de 5.000 euros das obras. Agradecemos mesmo muito a generosidade da comunidade que é de facto impressionante!

Mas o futuro continua incerto, pressentimos que vêm tempos muito difíceis até porque a Covid-19 não está para brincadeiras e, por isso, é natural que muitos venham a necessitar da nossa ajuda. Queremos continuar a apoiar quem precisa ser apoiado, e por isso reafirmamos que toda a ajuda é muito bem-vinda e que 5 euros podem fazer muita diferença para quem necessita. Nesse sentido, voltamos a referir o nosso NIB: 0033 0000 0109 1443 0892 5 e, se preferir aderir ao Débito Direto, descarregue documento em http://lisboa.verbumdei.org/wp-content/uploads/2019/11/Autorização-de-debito-em-conta-AVD.pdf , preencha e entregue no seu banco.

Mais uma vez, um grande MUITO OBRIGADO a TODOS e até outubro