Comentários estão desligados para este conteúdo

O Amor (a espera)

Lá                               Mi-
Poderia eu tocar o sol e vazar o mar
       Ré                 Mi
E inventar um lugar ao sul para a liberdade.
                                       Mi-
Conhecer o princípio e o fim de cada estrela
               Lá                          Mi
Se me falta o amor, podes crer. Eu não sou nada.  

   Lá                          Fá#-
O AMOR, É A ESPERA QUE NÃO TEM FIM,
      Ré                Mi
É A ENTREGA QUE NÃO TEM FIM,
       Lá                Fá#-             Ré
É A DESCULPA QUE NÃO TEM FIM, QUE NÃO TEM FIM
      Lá      Ré            Mi
NÃO É EGOÍSTA NEM SE IRRITA NÃO.
   Lá                     Fá#-          Ré             Mi
O AMOR ACREDITA SEM LIMITAÇÕES, AGUENTA TUDO SEM LIMITAÇÕES
      Lá             Fá#-            Ré
É GENEROSO SEM LIMITAÇÕES, SEM LIMITAÇÕES
    Lá         Ré          Mi            Lá
NÃO TEM INVEJA NEM SABE CONTAR, NÃO PEDE NADA. 

Poderia eu morrer por ti e depois despertar
Ou pintar de cores a luz e fazer doce o sal
Ser profeta do porvir, romper o ar
Se me falta o amor, eu não sou nada.

//O AMOR, É A HUMILDADE QUE NÃO TEM FIM,
É A COMPREENSÃO QUE NÃO TEM FIM,
É A JUSTIÇA QUE NÃO TEM FIM, QUE NÃO TEM FIM,
É SEMPRE TERNO AO DIZER A VERDADE.
O AMOR ACREDITA SEM LIMITAÇÕES, AGUENTA TUDO SEM LIMITAÇÕES
É GENEROSO SEM LIMITAÇÕES, SEM LIMITAÇÕES
NÃO TEM INVEJA NEM SABE CONTAR, NÃO PEDE NADA.//

Música Original: Amor Sin Limites – Espanhol
Letra: Jose Luis Perales
Intérprete: Jose Luis Perales

Os comentários estão encerrados.