Comentários estão desligados para este conteúdo

O Amor (a espera)

LÁ                               MI-
Poderia eu tocar o sol e vazar o mar
       RÉ                  MI
E inventar um lugar ao sul para a liberdade.
                                       MI-
Conhecer o princípio e o fim de cada estrela
               LÁ                          MI
Se me falta o amor, podes crer. Eu não sou nada.  

   LÁ                          FÁ#-
O amor, é a espera que não tem fim,
      RÉ                MI
É a entrega que não tem fim,
       LÁ                FÁ#-             RÉ
É a desculpa que não tem fim, que não tem fim
      LÁ      RÉ            MI
Não é egoísta nem se irrita não.
   LÁ                     FÁ#-          RÉ             MI
O amor acredita sem limitações, aguenta tudo sem limitações
      LÁ             FÁ#-            RÉ
É generoso sem limitações, sem limitações
    LÁ         RÉ          MI            LÁ
Não tem inveja nem sabe contar, não pede nada.

Poderia eu morrer por ti e depois despertar
Ou pintar de cores a luz e fazer doce o sal
Ser profeta do porvir, romper o ar
Se me falta o amor, eu não sou nada.

O amor, é a humildade que não tem fim,
É a compreensão que não tem fim,
É a justiça que não tem fim, que não tem fim,
É sempre terno ao dizer a verdade.
O amor acredita sem limitações, aguenta tudo sem limitações
É generoso sem limitações, sem limitações
Não tem inveja nem sabe contar, não pede nada.


Autoria: Jose Luis Perales
Intérprete: Jose Luis Perales

Os comentários estão encerrados.