Comentários estão desligados para este conteúdo

Sempre há um caminho que te espera

LÁ
Que dificil é entrar no deserto,
MI
quando o vento não deixa ver nada.
RÉ MI
Que dificil é dar um só passo,
LÁ
quando nem sequer se tem caminho.
LÁ7
Sendo mais fácil ficar
RÉ RÉ-
instalado em qualquer oásis,
LÁ
miragens que tudo tornam fácil,
SI- LÁ
seguro, cómodo e barato.

Que dificil é soltar as amarras.
quando o vento corta até o alento
Que dificil é estender as velas,
quando cresce alta a maré.
Tão mais fácil é ficar em terra
e esperar que soprem outros ventos.
ou que sejam outros os que tragam
os contronos exactos de outros mundos.

oh oh oh oh....

Que dificil é lançar-se nesta vida
com os braços abertos como traperzista
fechar os olhos e esquecer
que se cais, és um homem morto
Mais é ainda mais dificil
para um pássaro ficar na gaiola
para um velho marinheiro estar ancorado
ou um pioneiro ficar na rectaguarda.

SI- MI LÁ
Sempre há um caminho que te espera
SI- MI LÁ
Uma ilha há que descobrir
7                                 RÉ RÉ- 
E mesmo que seja mais fácil ficar e não seguir
LÁ MI
Não te esqueças que isso não é viver.
LÁ7
Sempre há um caminho que te espera
RÉ LÁ
Uma tesouro há que descobrir
7                           RÉ RÉ-
E mesmo que seja mais fácil ficar não seguir
LÁ MI-
Não te esqueças que isso não é viver.

Autoria: Luis Alfredo Diaz
Intérprete: Familia Missionária Verbum Dei (Internacional)

Os comentários estão encerrados.