Comentários estão desligados para este conteúdo

A nova Humanidade

Sol                              Mi
Aonde iremos parar se seguimos assim?
        Sol                         Mi-
já não existe a verdade, tudo é igual;
   Dó
continua a violência, escândalos a fio:
Ré
Onde foi parar todo o grande ideal?
  Sol                                   Mi-
O mundo de hoje se apresenta um pouco escuro
  Sol                                 Mi-
importa simplesmente a notícia crua e dura
Dó
Vive-se á custa de outros, se abusa do mais débil
Ré                               Dó
Quem poderá mostrar a verdadeira humanidade?

Sol
Conheço outra humanidade:
Mi-
a que muitas vezes encontro pela rua
Dó
a que nunca grita e não sobressai
    Sol            Ré 
por cima de toda a gente.

Conheço outra humanidade
que não prejudica o seu vizinho
e sabe ganhar o pão quotidiano,
com as suas próprias mãos

Dó   Sol  Dó             Sol(Ré)
Creio, creio nesta humanidade (2)
    Mi-                   Dó
que vive no silêncio, que sabe perdoar,
          Sol              Ré
que sofre e sorri e se comove
 Dó             Ré                 Sol
(e que quer construir a nova humanidade)

Conheço outra humanidade
a que avança contra a corrente
a que está disposta a dar toda a sua vida
e morrer pela própria gente

Conheço outra humanidade
a que não pensa somente em si mesma
pois é consciente de que há muita gente
que morre de fome

Creio, creio nesta humanidade (x2)
que rompe as barreiras,
que luta pela vida sem usar as armas,
por um mundo novo. (bis)
Dó(Lá-)         Ré               Mi-(Dó Sol)
(esta é a humanidade que crê no AMOR) (x2)

(Música Original: Otra Humanidad – Espanhol)
Autor: Gen Rosso
Intérprete: Gen Rosso

Os comentários estão encerrados.