Como tenho vivido o meu Baptismo?

“Entre os fariseus havia um homem chamado Nicodemos, um chefe dos judeus. Veio ter com Jesus de noite e disse-lhe: «Rabi, nós sabemos que Tu vieste da parte de Deus, como Mestre, porque ninguém pode realizar os sinais portentosos que Tu fazes, se Deus não estiver com ele.» Em resposta, Jesus declarou-lhe: «Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer do Alto não pode ver o Reino de Deus.» Perguntou-lhe Nicodemos: «Como pode um homem nascer, sendo velho? Porventura poderá entrar no ventre de sua mãe outra vez, e nascer?» Jesus respondeu-lhe: «Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus. Aquilo que nasce da carne é carne, e aquilo que nasce do Espírito é espírito. Não te admires por Eu te ter dito: ‘Vós tendes de nascer do Alto.’ O vento sopra onde quer e tu ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem nem para onde vai. Assim acontece com todo aquele que nasceu do Espírito.»” 


O Senhor diz-nos que temos que acreditar nele, ter fé, mas ao mesmo tempo também nos diz o quanto é importante ternos recebido o baptismo e reconhecermos que somos baptizados.
O baptismo marca a nossa entrada na vida da igreja, significa que a nossa vida pertence a Deus e que recebemos uma vida nova onde a nossa missão é viver segundo a palavra do Senhor e partilhá-la com os outros.
Como tenho vivido o meu baptismo? 
Reconheço que a minha vida pertence a Deus e quanto é importante a sua palavra no meu quotidiano?

Os comentários estão encerrados.